• Jorge Mota

Cupra Leon 2020





Como sabem a Cupra sempre foi a divisão desportiva da Seat, que tinha como objectivo optimizar as performances de alguns modelos e tornar a experiência de condução em algo muito mais interessante e desafiador! Pois bem, a marca Cupra ganhou de tal forma dimensão e relevância que hoje em dia produz os seus próprios produtos, como é o caso destes novos Cupra Leon, ao contrario dos anteriores Seat Leon Cupra... Assim, baseado no Seat Leon que foi revelado no mês passado, o Cupra Leon é o primeiro “Leon” que a empresa lançou para o mercado de forma independente. Desta forma, passamos agora a ter duas variantes de 5 portas, com motor a gasolina ou híbrido PHEV.



Não falta ambição a este familiar desportivo, que quer tornar-se uma referência no segmento. Proposto nas versões hatchback e SportsTourer, surge com uma ampla oferta de motorizações, desde os tradicionais blocos a gasolina até ao híbrido plug-in de alto desempenho.

E é exactamente esta última motorização electrificada a que desperta maior curiosidade: sob o capô está o motor a gasolina 1.4 TSI de 150 cv de potência e 250 Nm de binário. A ele está aliado um propulsor eléctrico de 85 kW (115 cv), alimentado por um conjunto de baterias de 13 kW, para uma potência conjunta de 245 cv e um binário de 400 Nm, e uma autonomia até 60 quilómetros em modo 100% eléctrico.




O CUPRA León compreende ainda três unidades 2.0 TSI de quatro cilindros a gasolina, com injecção directa e turbocompressor, de 245 cv (370 Nm), 300 e 310 cv (ambas com 400 Nm). Com a motorização mais potente, exclusiva da variante SportsTourer associada ao 4Drive, é possível chegar dos 0 aos 100 km/hora em menos de cinco segundos para uma velocidade máxima de 250 km/h, embora esteja electronicamente limitada. Todas as combinações disponíveis beneficiam de uma transmissão automática DSG de dupla embraiagem.



Para o condutor obter os melhores ganhos de potência e dinamismo, o CUPRA León oferece uma afinação precisa do chassis e da direcção para uma condução envolvente e efectiva, mesmo nas estradas mais sinuosas.

Graças ao sistema de controlo adaptativo do chassis (DCC), são feitas mudanças no amortecimento em milissegundos para responder às alterações no estilo de condução e do próprio piso. A dinâmica deste desportivo "disfarçado" de familiar pode ser ajustada através de quatro perfis de condução – Comfort, Sport, CUPRA e Individual – segundo os desejos de quem está a agarrar no volante.



No que às dimensões diz respeito, a versão hatchback mede 4.368 (mais 86 mm em relação à anterior geração do León), enquanto a largura geral da carroçaria se manteve inalterada nos 1.784 mm. A altura total é agora de 1.456mm (menos 3 mm), enquanto a distância entre eixos foi aumentada, em 50 mm, para os 2.686 mm.

A variante SportsTourer tem 4.642mm de comprimento (mais 93 mm), 1.800 mm de largura (menos 16 mm) e 1.448 mm de altura (menos 3 mm). A distância entre eixos é exactamente igual ao seu "irmão" de cinco portas.

A bagageira apresenta 380 litros de capacidade na versão de cinco portas,  enquanto a carrinha oferece 617 litros para arrumar o que for necessário.



Em comparação com o León normal, o CUPRA León está 25 mm mais próximo do solo à frente e 20 mm mais baixo no eixo traseiro. Significa isso que o centro de gravidade rebaixado permite reacções ainda mais emocionantes. Na variante mais potente, o desempenho do SportsTourer é controlado pelo sistema de tracção integral 4Drive, distribuindo a potência pelas rodas de um modo mais controlado.

Se o CUPRA León nasceu a partir do modelo "irmão" da Seat, a verdade é que há pormenores estéticos demasiado evidentes a distingui-los.



O primeiro, e mais óbvio, está na própria insígnia destacada na grelha do radiador, a que se somam a asa inferior dianteira, as entradas de ar mais amplas e os spoilers laterais. Logo a seguir, a tecnologia Full LED de série usada nos faróis reforça o espírito rebelde, enquanto atrás saltam à vista o filamento de luz de ponta a ponta, os escapes – dois nas versões de menor potência ou quatro nas mais potentes –, o difusor e o spoiler a darem mais rebeldia à estética geral do carro.



A realçar o design está um jogo exclusivo de jantes de liga leve de 19 polegadas (versão de 245 cv "calça" as de 18 polegadas), a esconderem mal os discos de travão Brembo de 370 mm com as pinças pintadas em cobre.

Sofisticado e com ganas para a competição é o que apetece dizer quando olhamos para dentro do habitáculo. Em redor brilham os detalhes em cobre e os cromados negros, rematados por linhas de alumínio escovado no tablier e nas portas, e os bancos do tipo bacquet, com acabamentos em tecido e revestimentos em PVC.

Se o estilo Sharp Code CUPRA Tech não agradar, pode sempre optar-se pelo Genuine CUPRA Timeless com acabamento em pele preta ou blue petrol.

Os botões da ignição e de selecção de modos de condução estão instalados num volante distinto, assegurando ao condutor o controlo total sobre o CUPRA León quando olha para o cockpit digital.




E, sem que se desconcentre na condução, selecciona-se, com a ponta do dedo, as diversas funções de info entretenimento no ecrã táctil de dez polegadas colocado ao centro.



A segurança, como não poderia deixar de ser num modelo que aposta no prazer da condução desportiva, está em plano de evidência. Cruise Control Preditivo, Emergency Assist, Travel Assist, Assistente Lateral e de Saída de Faixa, e Traffic Jam Assist,são alguns dos módulos de auxílio que tornam a condução mais segura.

O novo CUPRA León está previsto chegar ao mercado no último trimestre deste ano, embora ainda não tenham sido revelados os preços para qualquer uma das versões.





74 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

DS4 2021